Lenço de bolso.

23 fev

Homens usam lenços desde 2000 antes de Cristo (!). Este acessório atravessou séculos (e milênios) servindo como um dos símbolos de nobreza ou riqueza. Foi somente em 1900 que o lenço se tornou um pouco mais popular, mas não menos elegante, já que era difícil encontrar um homem de terno que não o usasse. Permaneceu com lugar de honra nos bolsos dos paletós até a década de 1960 e depois caiu no esquecimento. Retornou na década de 1980, saiu de cena e agora, com toda a onda retrô, voltou com força. O Hora H desta semana vai te ensinar a usar este acessório para quando você quiser impressionar.

De manhã cedo, o lenço de bolso é visto de forma discreta nos jornalistas Alexandre Garcia e Renato Machado, apresentadores do “Bom Dia Brasil”, telejornal da Rede Globo. À noite, ele volta de forma mais colorida, em Jô Soares. Já na série “Mad Men”, ele é visto como era usado no começo da década de 1960. Estes são alguns bons exemplos para quem procura fontes de inspiração desta moda.

COMO DOBRAR O LENÇO

Existe uma centena de formas de colocar o lenço no paletó, assim como acontece com os nós de gravata, porém, algumas se tornaram mais populares. Neste caso, é uma questão de gosto ou identificação. Há os que preferem o acabamento com uma ponta triangular aparente, outros com duas, alguns com três. O interessante sobre este acessório é que o que aparece é, literalmente, a “ponta do iceberg”, não revelando as diversas dobras necessárias para se chegar ao resultado final.

COMBINA COM O QUE?

Sobre as possíveis combinações, a regra mais importante é que o lenço não deve ser igual à gravata; o correto é procurar tons próximos, mas nunca exatos. Os de cor branca, em algodão, linho ou seda, são clássicos e combinam com todas as gravatas. Com o tempo, você pode fazer combinações mais ousadas e brincar com mais cores e texturas.

Até alguns anos atrás, só era possível usar os lenços com terno e gravata, porém com a evolução da moda, eles ganharam ares casuais e são usados com blazer, camisa e sem gravata, só que em cores mais alegres ou estampas mais fortes. Atenção: aqui a dobra deve ser mais solta (menos estruturada e certinha) para que o conjunto fique equilibrado.

No mais, vale experimentar este recurso de elegância à moda antiga. Faça o teste e verá como muita gente vai notar e elogiar o seu estilo.  Afinal, a máxima que diz que a moda masculina é feita de detalhes se torna a mais pura verdade apenas com este pequeno quadrado de pano.

Fonte. UOL Estilo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: