Gravatas

14 out

Hoje em dia a gravata não é mais um item do armário apenas de executivos ou que utilizamos num evento social importante. Homens (e até mulheres) com estilo combinam esse acessório com peças despojadas para o dia a dia.

Mas mesmo quando não saímos tanto do comum, combinar a gravata com as outras peças do look pode gerar muitas dúvidas entre os homens e, dependendo da escolha, pode destruir uma boa produção. Por isso, veja o pequeno manual abaixo e não erre mais:

Como regra geral, o importante é que a ponta da gravata sempre fique em cima da fivela do cinto, caso fique muito para cima, dá a impressão que economizou tecido ou que você está com a barriguinha saliente.

Ao fazer o nó da gravata, caso note que o comprimento não será adequado, comece de novo, até acertar.

 

O MODELO CERTO PARA CADA OCASIÃO:

No casamento: principalmente para o noivo e os padrinhos, fica elegante usar modelo prata liso ou maquinetado. Dependendo do caso, vale até investir numa gravata borboleta.

Look fashion: pode-se ousar com uma gravata borboleta xadrez, bem na linha preppy (dos uniformes das escolas norte-americanas). A peça de crochê (de seda) está em alta em alguns países e, aos poucos, começando a ser aceita no Brasil. “É aconselhável procurar os modelos atuais, mais longos que os usados em décadas passadas”, explica Hervé Tomedi, coordenador de estilo da Dudalina.

Traje a rigor: tudo o que se permite variar em moda perde o efeito e você precisa seguir exatamente o que a especificação do traje exige.

Jantar de negócios: procure usar algo mais sereno e conservador, nos tons marrom, grafite, musgo, bordô, marinho ou uva.

Jantar romântico: escolha algo nos tons médios e mais quentes (variantes de vermelho, verde e marrom) ou com mistura de cores que agradam as mulheres (rosa, lilás, azul bebê).

Trabalho: Depende da profissão. Um advogado, por exemplo deve remeter maior seriedade, por isso opte por cores escuras. No caso de um médico ou profissional da saúde, use cores quentes. Em caso de um designer ou publicitário as cores claras ajudam a transmitir criatividade.

 

A COMBINAÇÃO DE CORES:

Camisa branca: é sempre uma peça-chave do guarda-roupa masculino. Elas caem muito bem com todos os tipos de gravatas e aceitam diferentes combinações.

Camisa azul: com essa cor é possível seguir a regra da camisa branca, especialmente as mais claras. Boa para quer gosta de variar no dia a dia.

Camisa listrada: é necessário ter mais cuidado na escolha da gravata, pois requerem atenção tanto com a largura das listras, quanto com as cores.

Camisa com quadriculado pequeno: peças assim caem melhor com fundo neutro como branco e azul para ocasiões mais formais.

 

GRAVATAS TIPO SKINNY

Ao escolher uma gravata skinny, atente-se para combinar com um balzer ou paletó tenham lapelas do tipo estreito, caso contrario o visual fica desproporcional, dando a impressão de que cada peça veio de uma época diferente.

Sempre considere que este tipo de peça pede, obrigatoriamente, um traje mais ajustado, o slim fit. Independente do look ser mais casual ou não.

Para pessoas muito musculosas, grandes ou acima do peso não é aconselhável o uso da gravata skinny. O acessório fica desproporcional em relação a seu usuário. Nesses casos, sempre opte por uma gravata normal.

 



como-usar-gravata-borboleta

comousar-gravata-borboleta4

 

ervz229k1um75sczp84ntx20i

 

 

1qrvxhwcyguqnagkpuffagbkv

10712852_349412675218213_392009421418854812_n

 

Fonte: Moda IG.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: