Tag Archives: Gravata

Aprenda a fazer 5 tipos de nós de gravata

3 out

Nó Simples

Nó Duplo

Nó Semi-Windsor

Nó Windsor

Nó Gravata Borboleta

E ai, aprendeu tudo?

 

Moda para homens.

Como guardar suas gravatas adequadamente.

31 jul

gravatas_modos de guardar_ft01

Cuidar de suas gravatas com zêlo garantirá que o acessório esteja sempre apresentável e, por consequência, será mais fácil para você alcançar um look impecável. É comum para a maioria dos homens simplesmente dobrar ou enrolar a gravata e deixá-la jogada no fundo de alguma gaveta, como se fosse uma meia, mas saiba que existem procedimentos adequados para conservar sua gravata, principalmente quando o investimento é alto, como um modelo de seda italiano, por exemplo.

gravatas_modos de guardar_ft02

A maneira mais correta e simples de guardar suas gravatas é pendurando-as em um local protegido da luz do sol, ou seja, um armário ou guarda-roupa. Para estar certificar-se de que elas ficarão penduradas seguramente compre um cabide de gravatas e coloque de lado suas preocupações. Nada de improvisar em cabide de calças, pois elas vão cair, ou prendê-las com algum tipo de presilha, marcando-as e amassando-as, já o simples cabide de gravata vai te salvar e nem mesmo vai exigir muito investimento, com menos de 10 reais você pode comprar um modelo simples, em plástico, com 20 ou 30 dá para comprar um feito em inox, caso você queira sofisticação existem os racks com dezenas de ganchos e motor elétrico que rotaciona as peças para que você possa escolher melhor, sob a iluminação especial gerada pelo aparelho.

gravatas_modos de guardar_ft04

Penduradas deste jeito, as gravatas vão sofrer a ação da gravidade, evitando vincos e deformação, além de ficarem protegidas da luz do sol que pode desbotá-las.

Existe também a opção de comprar um móvel já com o cabide para gravatas instalado, como na foto em destaque, no topo, desta maneira você já tem o recurso incorporado, mas fica um pouco limitado ao número de ganchos disponível, quem tem muita gravata sabe que isso pode ser um problema.

gravatas_modos de guardar_ft03

Canal masculino.

 

Cuidado com o casual friday em 9 passos.

15 maio

casual_friday_dress_code

O “casual friday” foi criado nos Estados Unidos na década de 70 como uma maneira de descontrair os empregados no último dia da semana e motivá-los a trabalhar quando a grande maioria, provavelmente, só pensava no churrasco de hamburger do domingo.

Apesar dessa liberdade cedida no ambiente de empresarial, sempre há o grande perigo de interpretá-la de maneira errada optando por roupas que podem ser improprias, mesmo no seu dia casual, algo que pode prejudicar sua imagem profissional, a menos que você siga as dicas abaixo:

1 – Não exagere no quesito casual

Casual não significa que você pode vestir uma bermuda cargo e um par de crocs, se sua empresa tem um dress code rígido dê uma aliviada apenas, troque a calça de alfaiataria por um jeans, o paletó por um blazer casual e a camisa branca por uma listrada ou com um padrão em xadrez pequeno. Se o ambiente é muito sério e conservador, há quem não abra a mão nem da gravata, até nesses dias.

2 – Seja discreto

Mesmo em uma combinação casual, cores sóbrias e/ou amenas vão te dar um ar profissional que você não deve dispensar. Azul marinho, cinza, cáqui, bege e marrom são boas bases para um look comportado, mas confortável e estiloso.

3 – Manere no jeans

Quando pensamos em casual o jeans parece a primeira opção, mas ele deve se restringir a calças sem grandes lavagens (foto) ou detalhes espalhafatosos e camisas leves, ou uma ou outra, nada de jeans com jeans. As jaquetas em denim, por exemplo, tem um estilo muito juvenil e relax para um ambiente de trabalho, prefira algo em sarja com um corte bem feito ou até mesmo um casaco sem muito volume.

4 – Evite as camisetas

Você pode optar por uma camisa estilosa ou uma bela pólo, ambas vão deixá-lo alinhado, já camisetas, especialmente as que possuem estampas pouco discretas, não são apropriadas para o escritório. Use-as, no máximo, por baixo de outra peça.

5 – Mantenha os acessórios úteis

Não é porque você está no seu dia casual que vai aparecer segurando todos seus pertences debaixo do  braço. O ideal aqui é usar uma pasta mais durante a semana e trocar por uma carteiro em couro na sexta, mantendo a organização de seu material e facilitando seu transporte.

6 – Livre-se dos acessórios inúteis

Colocar uma roupa casual para trabalhar não significa que você pode finalmente aparecer na “firma” usando aquela correntona de prata no pescoço. Um bom relógio será seu companheiro sofisticado que pode receber companhia de um belo cachecol ou até uma pulseira discreta.

7 – Não faça intercâmbio de roupas

Já falamos sobre isso, mas não custa reforçar: usar as peças de seu terno em separado pode desgastá-las de maneira desigual. Se a idéia é usar um blazer, não pegue o que veio com o costume, aumentando seu tempo de uso, invista em um modelo mais esportivo e faça as coisas do jeito certo.

8 – Sapatos… sempre!

Com sapatos, mesmo que os mais casuais, você está sempre elegante. Então para que arriscar?

9 – Preste atenção na imagem da empresa

Por mais que seus colegas insistam que não tem nada demais em vestir a camiseta do time preferido na sexta feira, o melhor é ignorar este tipo de idéia e basear-se na imagem que a empresa quer passar para o público, mantendo este perfil sempre, isso te ajudará a ter um panorama de opções de roupa fora dos dias onde o formal é regra.

Peças para se ter sempre:

  • Camisas com micropadrão, xadrez pequeno ou listradas;
  • Pólos;
  • Calças em algodão ou alfaiataria
  • Cardigans e malhas leves para sobrepor;
  • Cachecóis e luvas de couro para os dias de frio;
  • Pasta nos dias normais e uma bolsa em couro (de preferência preta ou marrom escuro) para a sexta;
  • Blazers em sarja, lã fria ou tweed;
  • Um relógio para todos os momentos;
  • Jeans escuros com pouca ou nenhuma lavagem.

O que evitar:

  • Camisetas;
  • Correntes, jóias e afins;
  • Calçados esportivos e com muita informação visual;
  • Gravatas com estampas engraçadinhas;
  • Qualquer coisa com estampa engraçadinha;
  • Casacos com muito volume;
  • Jeans detonados.

Canal masculino.

Combinações Complementares.

27 mar

1

Como roupas azuis são bem comuns nos guarda roupa masculino montamos dois sets usando esta cor como base e o laranja e seus tons como complemento. Um deles é uma sugestão de dois looks formais, ou seja, terno e gravata, o outro traz dois combos casuais, veja abaixo:

2É possível utilizar tons mais claros ou mais escuros para compor os looks, tudo depende do seu gosto e criatividade.

3Estas combinações fizeram uso apenas de cores complementares, mas você pode inserir branco, preto ou cinza sem quebrar esta harmonia, a camiseta (esquerda) por exemplo, poderia ser branca, ou a camisa (direita) poderia ser cinza e tudo continuaria funcionando bem.

4Outro recurso é usar a cor mais lavada, para que o visual fique mais discreto, é por isso que calças cáqui funcionam tão bem com camisas jeans, ou vice versa. Ao invés de usarmos o laranja ou o laranja amarelado, lançamos mão de uma versão mais amena destas cores, a imagem acima ilustra muito bem este exemplo.

5Acima outro bom exemplo que usa de tons claros aos mais escuros, funcionando muito bem. Abaixo um look casual quase todo escuro, afinal o marrom é apenas uma variação mais escura do laranja que, por sua vez, é a mistura das cores primárias amarelo e vermelho.

6Dois pontos importantes:

– em um look casual não há necessidade de combinar os acessórios com o restante das peças, mas também não é proibido;

– o jeans é considerado neutro, então não conte como uma cor, preocupe-se com a coordenação das cores das peças restantes.

Para fechar, duas imagens que mostram como pequenas variações no azul podem exigir tons de laranja diferentes.

7

8

Canal masculino.

Tipos de colarinho.

27 fev

Conheça os tipos de colarinho e suas especificações

Uma camisa social é uma peça fundamental do guarda-roupas masculino e uma camisa certa, no tamanho certo, bem passada e de cor apropriada para cada ocasião, valoriza MUITO as produções sociais, sem precisar de muito segredo. Uma camisa básica e lisa que seja, combinada com um jeans escuro ou uma calça social ajustada, um sapato social preto ou marrom nos pés e pronto, é um look digno de atrair olhares.

Lógico que tudo depende de você se arrumar, se você colocar essa roupa e deixar o cabelo todo bagunçado e com a barba mal feita de nada vai adiantar. Mas esse não é o caso desse post.

ty

Daniel CraigVoltando ao assunto das camisas e que elas são uma peça especial e coringa no guarda-roupa masculino, não pense que elas são diferentes apenas na cor ou nas padronagens.

Existem 5 tipos de colarinhos clássicos e cada um valoriza um certo tipo de rosto. Sabia? Hoje vamos apresentar para você como identificar cada um e quem deve usar cada um deles!

Colarinho (1)Sabe como eles surgiram? O ancestral dos colarinhos eram as golas bordadas usadas na França como uma espécie de “underwear” (roupas de baixo) onde a troca apenas da camisa em si acabava com a necessidade de tomar banho. Depois, no século 16, surgiu o rufo, um item que protegia a roupa, por exemplo, de restos de comida (posso imaginar que era como uma espécie de babador). Esse item colocado na gola das roupas marcava o status social do homem, quem usava esse tal de rufo não precisava trabalhar.

Depois chegaram os colarinhos como conhecemos hoje mas até 1800 o modo correto de usá-los era deixar levantados  que, quando engomados, podiam cortar as orelhas.

Colarinho Italiano

Vamos aos estilos de colarinho:

Tipos de Colarinho

Lembrando também que, se precisar usar uma gravata, colarinhos abertos pedem nós maiores e colarinhos fechados pedem nós menores.

Homem na moda.

Quando manter o paletó abotoado.

7 nov

Não estamos falando aqui do números de botões que devem ser fechados, se você fez a lição de casa sabe que o último botão sempre fica desabotoado, exceto no blazer de um botão, claro. A dúvida de muita gente é: em que ocasião manter o paletó fechado ou aberto? 
Confira abaixo:

No costume (paletó e calça + gravata)

Nos filmes americanos é comum ver os personagens usando o traje social completo aberto, mas isso não é correto, o paletó ou blazer só deve ser completamente desabotoado na hora de se sentar. Levantou? Feche de novo! O casaco serve justamente para manter a gravata no lugar e formar aquele V elegante que pode dar destaque a seu rosto (3 botões) ou alongar a silhueta (2 botões), não para ficar balançando em um dia de vento.

Sentou? Abriu…

Levantou? Fechou de novo…

Se você não desabotoar antes de sentar vai ficar assim. Horrível, não?

No terno ou traje de três peças (paletó, calça, colete + gravata)

No terno, ou traje de três peças, o colete cumpre parte da função do paletó, dando aquele acabamento mais alinhado ao visual, neste caso o paletó é mais aceito aberto, principalmente em ambientes como escritórios, sendo abotoado apenas ao ar livre ou em ocasiões mais formais, mesmo assim há quem use fechado o tempo todo, sem exceções.

Terno com abotoamento duplo.

Use fechado o tempo todo. Alguns desabotoam ao sentar-se, outros nem assim, pois o paletó com abotoamento duplo fica um pouco deselegante quando aberto, principalmente devido ao excesso de tecido no cruzamento para seu fechamento, coisa inexistente no blazer normal.

Costume sem gravata ou blazer com jeans (look casual)

Neste caso tudo depende do gosto do usuário, como tratam-se de looks casuais não há necessidade de tanta rigidez, aliás, o ar descontraído pode até contribuir com a combinação, usá-lo abotoado geralmente deixa a silhueta mais elegante, veja o exemplo da foto acima.

Canal masculino.

Tudo que você precisa saber sobre ternos.

19 set

Comprar um simples terno para o trabalho ou mesmo para ocasiões especiais não é uma tarefa fácil.

Existem particularidades em relação às roupas formais, como tipo de corte, gola e até mesmo em relação às mangas, o que muitas vezes causam dúvidas na hora da compra.

O objetivo deste guia é fornecer uma pequena introdução a moda formal masculina. Vamos lhe apresentar os três tipos mais populares de ternos e suas características.

Moda para homens.